JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Domingo, 17 de Fevereiro de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
SAMBA DA LARANJA: A "FAMÍGLIA" NO BRASIL DE BOLSONARO

2019-02-17

O secretário-geral da Presidência do Brasil, Carlos Bebianno ficou em xeque por causa de acusações de um filho do presidente. Mais um caso no samba da desagregação da famiglia Bolsonaro que chefia os negócios brasileiros

BASES PLANETÁRIAS DOS EUA: O IMPÉRIO DO TERROR

2019-02-16

São cerca de 800 em mais de metade dos países do mundo; algumas não saem do secretismo da clandestinidade permitida por governos corruptos ou corrompidos. É a geografia do terror através da qual o império norte-americano pretende demonstrar a sua força impondo o medo e a subjugação. Nessas bases não vigoram o direito internacional ou a lei, a não ser a da força e do poder arbitrário. Ou da arrogância imperial imposta a um Estado que permanece soberano, como em Guantánamo, em Cuba. As bases militares norte-americanas pretendem afirmar um domínio que tem como reverso o desespero de um globalismo decadente. Por isso, tendencialmente sem limites nem razão humana.

A MORTE DO ESTADO DE DIREITO NO BRASIL

2019-02-11

Politizou-se a justiça, agora judiciariza-se a política, misturam-se os poderes, o Estado de Direito no Brasil caminha para a extinção nas mãos da extrema-direita.

A LAMA DA HISTÓRIA DO BRASIL, DE FHC A BOLSONARO

2019-02-02

O rebentamento frequente de barragens de empresas mineiras do Brasil arrasta centenas de vidas inocentes na lama em que mergulhou o sistema político do país, moldado pelo capitalismo selvagem.

UNIÃO EUROPEIA AO LADO DE TRUMP CONTRA A VENEZUELA

2019-01-27

A União Europeia, com o governo português na linha da frente, colocou-se ao lado de Trump no golpe contra a Venezuela. Ao lado… para já não; os dirigentes europeus deram uma semana ao presidente legítimo, Nicolás Maduro, para convocar eleições - que aliás foram realizadas há oito meses; caso contrário reconhecem o mesmo "presidente interino" que os Estados Unidos indicaram. Um disfarce de uma semana para tentar manter aparências é uma atitude caricata que deixa a União a um nível rasteiro de subserviência a Trump. Sob ultimatos sucessivos e intervenção militar em preparação, no horizonte da Venezuela e dos povos da América Latina levantam-se terríveis ameaças contra milhões de pessoas, entre as quais a comunidade portuguesa - vítima da armadilha que lhes foi montada com a ajuda de quem manda em Lisboa.

VIOLÊNCIA DA NOVA CASTA DOMINANTE NO BRASIL

2019-01-25

Uma coisa é fazer circular a mensagem populista; outra é aplicá-la. Uma diferença que perturba a nova casta dominante no Brasil, mergulhada em violência.

goto top

Recuperar password