JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Terça-feira, 26 de Março de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
NASCE A GUANTÁNAMO DO SUL

2019-01-20

O Brasil oferece território para uma base militar dos Estados Unidos, depois de já ter convidado tropas dos EUA para participarem em manobras na Amazónia

BRASIL COORDENA GOLPE CONTRA A VENEZUELA

2019-01-18

Prolongou-se por 11 horas a reunião que decorreu quinta-feira em Brasília e na qual o ministro brasileiro dos Negócios Estrangeiros discutiu com "oposições venezuelanas" e organizações regionais uma "acção concreta" para "restabelecer a democracia na Venezuelana". Em reunião restrita com um chefe fascista venezuelano, Bolsonaro disse que "a solução" para "restabelecer a ordem, a democracia e a liberdade" no país vizinho "virá brevemente".

FRANQUISMO ESTÁ DE VOLTA À ANDALUZIA

2019-01-15

Três correntes oriundas do velho franquismo e agora reunidas no suporte ao regime económico neoliberal formam o novo governo autonómico da Andaluzia, em Espanha: Partido Popular (PP), Ciudadanos e Vox. O acordo foi encontrado e permite juntar em Sevilha formações do Partido Popular Europeu, da irmandade do Em Marche de Macron e dos fascistas de Steve Bannon na aplicação de políticas xenófobas e cerceadoras de direitos. Também sob o alto patrocínio da oposição terrorista iraniana, a crer no diário El País.

O BRASIL DAS “INTELIGÊNCIAS SAFADAS”

2019-01-15

Graciliano Ramos escreveu "Memória do Cárcere" sobre acontecimentos dos anos trinta. Porém, tão actuais no Brasil de hoje. Brasil? Não, o mundo de hoje.

BOLSONARO E A VAGA DE TERROR NO CEARÁ

2019-01-11

A seguir à posse do governo Bolsonaro, a violência entre bandos explodiu no Ceará, por sinal um Estado do Nordeste onde o PT elegeu o governador com mais de 80% dos votos.

POLÍCIAS ELEITORAIS OU AS DUAS FACES DA MESMA MOEDA

2019-01-10

De um lado, Steve Bannon regendo a banda dos populismos e neofascismos; do outro, como se demonstra neste artigo, Blair, Aznar, Biden, Chertoff, Negroponte, Rasmussen e outros ases da "guerra contra o terrorismo" e da política de mentira coordenando o disfarce democrático da ditadura económica. Ambos apostam em todas as eleições que aí vêm combatendo as supostas interferências externas antecipando-se eles a interferir em modo de polícias eleitorais. Se têm divergências, é apenas nos meios; o fim é o mesmo, tentar eternizar o fascismo social onde medra o neoliberalismo, a ditadura do mercado livre.

goto top

Recuperar password