JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
RAPINA COLONIAL: DA PESCA DO SAARA AO OURO DA VENEZUELA

2019-02-13

A mentalidade colonial continua bem viva na Europa e nas Américas, e os velhos pretextos de proselitismo religioso transformaram-se em dogmas democráticos. E assim a União Europeia se apropria indevidamente de riquezas que não lhe pertencem não hesitando recorrer a regimes de ocupação, como são os de Marrocos e de Israel, e a mentalidades de dominação, como a norte-americana em relação à Venezuela e à América Latina em geral. Em poucos dias a União Europeia associou-se a processos de rapina das riquezas pesqueiras do território ocupado do Saara Ocidental e aos bens petrolíferos e em ouro do povo da Venezuela. Por alguma razão os regimes terroristas de Marrocos e de Israel e as práticas fascistas de Juan Guaidó são "democracias" preferidas de Bruxelas e de Lisboa, não apenas por arrastamento.

OEA NÃO APOIA GOLPE NA VENEZUELA

2019-01-25

O golpe na Venezuela teve o seu primeiro grande tropeção diplomático: não existiu a maioria necessária entre os 34 membros da OEA para apoiar a proclamação de Juan Guaidó como "presidente interino" da Venezuela. Apesar das pressões de Trump, feitas directamente pelo ex-patrão da CIA, Michael Pompeo, os 16 Estados apoiantes do golpe não chegaram sequer para formar metade da Organização dos Estados Americanos, quanto mais os 23 necessários regimentalmente. Entre os grandes derrotados estão, além de Pompeo, Luís Almagro, o próprio secretário-geral da OEA, e os chefes dos regimes da Argentina e do Brasil. Fora da OEA, o ministro português dos Negócios Estrangeiros assumiu uma benigna posição favorável ao golpe, contra os interesses da comunidade portuguesa na Venezuela.

A ÍNDIA E AS LIÇÕES DE UMA GIGANTESCA GREVE

2019-01-17

Mais de 150 milhões de trabalhadores aderiram, na Índia, a uma das maiores greves gerais de sempre. Uma greve contra a escravatura e o neofascismo

A POLISSEMIA POLÍTICA DO "COLETE AMARELO"

2018-12-14

Uma reflexão sobre o fenómeno dos "coletes amarelos", sua inserção em França na fase Macronie, suas repercussões e aproveitamentos internos e externos

HÁ MELHORES CAMINHOS PARA A HUMANIDADE

2018-12-14

Num mundo caótico gerido pela autocracia unilateralista há exemplos práticos de que são possíveis outros caminhos, guiados pelos direitos humanos.

20 A 30 MILHÕES DE MORTOS EM NOME DA “LIBERDADE”

2018-11-29

Uma "ordem livre e aberta" construída por Washington que custou 20 a 30 milhões de mortos desde 1945

goto top

Recuperar password