O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

VIAGEM AO MUNDO DA VERDADE ÚNICA

Uma viagem ao mundo da “estratégia de comunicação” da União Europeia e respectivas emanações é uma experiência indispensável para confirmar os indícios de que os dirigentes europeus convivem cada vez mais desconfortavelmente com a liberdade de opinião. Na verdade, como ilustra essa incursão, já encaram a informação como propaganda, o contraditório como um abuso e a liberdade como um delito. Está aberto o caminho para a imposição da opinião única, em que se baseiam todas as formas de censura, desde a dos coronéis à dos “fact-checkers” contratados a peso de ouro por Bruxelas.

NATO E NAZISMO, UMA IRMANDADE

Que haverá de comum entre um grupo armado formado por membros das Waffen SS em Estados bálticos designado Irmãos da Floresta, o regimento Azov da Guarda Nacional ucraniana, o emir do Daesh no Magrebe, de seu nome Abdelhakim Belhadj, e o mistério do armamento sofisticado descoberto recentemente num santuário neonazi em Turim, Itália?

AS HERANÇAS MISTERIOSAS DA NATO NA LÍBIA

Armas norte-americanas apareceram nas mãos de um senhor da guerra líbio, violando o embargo internacional. E ninguém assume a responsabilidade, escudando-se no caos deixado pela NATO.

WASHINGTON FAZ GUERRA À SÍRIA “PARA DEFENDER ISRAEL”

Três quartos dos membros do Congresso dos Estados Unidos e dos dois partidos escreveram uma carta ao presidente revelando o que toda a gente calcula mas Washington não ousa admitir: que mantém as tropas na Síria e o projecto de desmantelamento deste país para favorecer os interesses de Israel. Elaborada com o intuito de fornecer ao presidente elementos para fazer avançar uma estratégia clara para a Síria, dir-se-á que a carta foi escrita por dirigentes e lobistas de Israel e apenas assinada e enviada pelos congressistas. De acordo com o conteúdo da missiva, a segurança de Israel parece sobrepor-se aos interesses nacionais dos Estados Unidos.

A ARMA DAS SANÇÕES: GUERRA, TORTURA, MORTE LENTA

Depois de se ter retirado unilateralmente do acordo nuclear com o Irão no ano passado, a Casa Branca anunciou em Abril que o seu objectivo é “levar as exportações iranianas a zero”. Para tentar que isso aconteça, Washington deixou de permitir que países como a Índia, a China, o Japão, a Turquia e a Coreia do Sul importem petróleo iraniano: os Estados Unidos ditam a países soberanos com quem podem negociar.

O MUNDO EM REALIDADE PARALELA

A elite governante mundial, em aliança com o aparelho comunicacional global que trata da sua propaganda, querem forçar-nos a viver numa realidade paralela, aquela em que a versão ficcional e oficial dos factos se transforma em verdade única, indiscutível, sendo a discordância anatemizada como fake news.

NATO FEZ DA LÍBIA UM NINHO DO TERRORISMO INTERNACIONAL

Depois de a NATO ter "libertado" a Líbia, este país transformou-se na placa giratória do terrorismo na sua versão "jihadista", provocando tragédias em pelo menos 14 nações.

AMNISTIA INTERNACIONAL AFINADA COM O IMPÉRIO

A Amnistia internacional é juiz na Venezuela ouvindo apenas o lado da extrema-direita. Problema: o seu conceito de "direitos humanos" coincide com o dos agressores norte-americanos

BRUXELAS NO TPI: UM TESTE À IMPUNIDADE REINANTE

Juristas do Tribunal Penal Internacional (TPI) apresentaram à procuradora-geral um processo contra a União Europeia por "um ataque letal organizado contra populações civis" a propósito da política adoptada para "conter" os refugiados com origem na Líbia. Os juristas falam em 14 mil mortos e mais 40 mil pessoas expostas a "crimes contra a humanidade". Tem a palavra o tribunal. Terá coragem de ir até ao fim no apuramento de responsabilidades?

UNIÃO EUROPEIA LEVADA AO TRIBUNAL DE HAIA

Um processo apresentado no Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia acusa a União Europeia da morte de pelo menos 14 mil refugiados e de ser responsável por 40 mil vítimas de "crimes contra a humanidade".

O MUNDO NAS MÃOS DE UM TRIUNVIRATO FASCISTA

A humanidade e o planeta estão nas mãos de um triunvirato de energúmenos, indubitavelmente potenciais serial killers, que rodeiam o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Não há qualquer maneira de dourar a pílula. Michael Pence, vice-presidente, Michael Pompeo, secretário de Estado, e John Bolton, conselheiro de Segurança Nacional associam mentalidades políticas fascistas a comportamentos em realidades paralelas nas quais a vida humana não tem qualquer valor.

ESTE TEXTO FOI CENSURADO PELO FACEBOOK

O texto que a seguir se publica foi censurado pelo Facebook, segundo notificação recebida pelo autor. Publicado em Maio de 2015, o artigo parece não caber nas “normas” da casa. Ignora-se se o acto censório terá sido provocado por queixas de frequentadores ou como resultado da actividade de “fact-check que a publicação portuguesa de extrema direita Observador exerce em cooperação com o Facebook, instituindo-se assim como comissão de censura e polícia do jornalismo. Reproduz-se o texto na sua versão original, apesar de já ter quatro anos, lembrando que o oligarca Kolomoisky, nele citado, é o patrono do presidente ucraniano recentemente eleito, Vladimir Zelenskiy.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top