JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
O PARADOXO DE SALVINI E KAKCZYNSKI NA UE

2019-01-22

Partidos populistas e nacionalistas de países da União Europeia avançam para uma plataforma transnacional com mais êxito do que partidos "pró-europeus".

OS ROUBOS DA FINA-FLOR ROTSCHILD E GOLDMAN SACHS

2019-01-04

De megafraude em megafraude, a fina-flor dos "banksters" vai roubando e governando o mundo, fazendo "o trabalho de Deus na Terra".

ARRANJOS EM BRUXELAS ATINGEM A ROMÉNIA

2018-10-26

O autoritarismo romeno de capa "social-democrata" está a ser vítima dos acertos de contas entre as duas grandes famílias federalistas de Bruxelas

O NEOLIBERALISMO ESTÁ DE REGRESSO ÀS ORIGENS

2018-10-18

O neoliberalismo global, em luta pela sobrevivência, entrou decididamente na fase do recurso a regimes autoritários aparentados com o fascismo. A democracia formal, mesmo expurgada do respeito pela vontade dos cidadãos, deixou de ser suficiente para alimentar a ganância insaciável do capitalismo selvagem na crise agónica em que se encontra. Nas Américas, pela mão experimentada dos Estados Unidos e na Europa, graças aos potentes incentivos da União Europeia, o neoliberalismo regressa ao sistema político próprio da sua natureza, onde incubou no Chile de Pinochet em 1973.

O PPE DE NAMORO COM O NEOFASCISMO

2018-09-28

A CDU/CSU governamental alemã desenvolve todos os esforços para integrar o Partido do Direito e Justiça (PiS) da Polónia no Partido Popular Europeu (PPE). É uma organização neofascista, mas já existe um precedente ao lado de PSD e CDS: o Fidesz húngaro de Orban.

ESTÓNIA, LETÓNIA E LITUÂNIA BARRICAM-SE ATRÁS DE CERCAS

2018-09-21

Depois da queda do Muro de Berlim multiplicam-se os muros, as cercas e as valas na Europa. Agora são a Estónia, a Letónia e a Lituânia que se barricam atrás de uma cerca de mais de 500 quilómetros nas fronteiras com a Rússia.

goto top

Recuperar password