LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA - Conheça as novas medidas de O Lado Oculto para manter a publicação.

O LADO OCULTO - Jornal Digital de Informação Internacional | Director: José Goulão

O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

Assinar

O CONTRATO ENTRE GUAIDÓ E OS SEUS MERCENÁRIOS PARA MATAR MADURO

Tomar o aeroporto de Caracas, capturar o presidente Nicolás Maduro com o objectivo de o enviar para os Estados Unidos – ou matá-lo, em alternativa – era o objectivo principal da operação terrorista de 3 de Maio contra a Venezuela, de acordo com as confissões dos mercenários – entre eles dois ex-membros das forças especiais dos Estados Unidos – capturados na ocasião. A acção está expressa como “objectivo principal” no contrato estabelecido entre o chefe fascista Juan Guaidó, auto-intitulado “presidente interino”, e a empresa de mercenários Silvercorp, da Florida, igualmente prestadora de serviços ao actual presidente dos Estados Unidos. Conheça os meandros do contrato e os métodos de gestão pretendidos por Guaidó, o “presidente” da Venezuela reconhecido por numerosos países da União Europeia, entre os quais o governo da República Portuguesa.

A EXCEPÇÃO QUE COMEÇA A FAZER-SE REGRA

“A resposta às necessidades do momento, em última análise, deve ser associada a uma visão e a um programa globais de colaboração”, escreveu Henry Kissinger no Wall Street Journal em plena pandemia de COVID-19. O expoente terrorista que é a referência de todos os esforços globalistas ditou esta sentença num contexto de reforço dos estados de excepção através do planeta, os quais, de acordo com o experiente Edward Snowden, continuarão a ter efeitos quando o novo coronavírus não passar de uma má memória. Um tema para reflectir, uma realidade que nos envolve, uma tendência generalizada – e banalizada – que impõe vigilância incansável

O CASO ALSTOM, OU MAIS UMA SUBMISSÃO EUROPEIA

O caso Alstom é mais um exemplo da subserviência europeia aos Estados Unidos. Na sequência de um processo desencadeado por uma suposta fraude cometida num concurso público na Indonésia, a francesa Alstom acabou nas mãos da norte-americana General Electric, que havia derrotado nesse concurso. Um golpe de mão assente na abusiva jurisdição universal das leis norte-americanas traduziu-se na entrega do controlo da energia eléctrica francesa a uma empresa próxima do governo norte-americano. Com a conivência de autoridades francesas e europeias.

O SUJO ENIGMA GEOPOLÍTICO DA TRAGÉDIA DO MH17

Golpe na Ucrânia, administração Obama e oligarcas ucranianos: vértices de um triângulo sujo ligado à tragédia do derrube do MH17 e que o primeiro-ministro da Malásia colocou em escrutínio.

ESCÂNDALO COLOSSAL SACODE A ARGENTINA

O governo de Macri patrocina um colossal processo de corrupção em que recorre a falsificações e extorsão para incriminar Kristina Kirchner, a sua principal adversária política.

FBI E CIA APERFEIÇOAM AS TÉCNICAS DE TORTURA

Agências de espionagem norte-americanas abriram concurso para "melhorar as técnicas de interrogatório", enquanto prosseguem a busca do "soro da verdade".

O IMPERIALISMO VAI NU

As crises, isto é, quando os donos do mundo querem ainda mais lucros, deixam completamente a nu o carácter desumano do imperialismo

O ESTRANHO MUNDO DA FUNDAÇÃO INTERPOL

Entre os doadores e membros do Conselho da Fundação Interpol cruzam-se grandes patrões internacionais, Estados patrocinadores de terrorismo e corrupção, altos frequentadores de paraísos fiscais, ex-polícias que encobrem contrabandistas de diamantes de sangue.

ASSINANTES SOLIDÁRIOS

O reforço da Informação Independente como antídoto para a propaganda global.
Bastam 50 cêntimos, o preço de um café, 1 euro, 5 euros, 10 euros…

saber mais
RENOVAÇÃO DE ASSINATURAS

Estimado Assinante,

Se a sua assinatura está prestes a expirar e desejar renová-la deverá proceder como anteriormente: escolher a periodicidade e a forma de pagamento.
Pode igualmente aderir à nossa acção de "assinatura solidária", contribuindo assim para reforço dos conteúdos de O Lado Oculto e assegurando a sua continuidade.

Grato pelo seu apoio
O Colectivo Redactorial

fechar
goto top