O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

EXÉRCITO DE MERCENÁRIOS AMEAÇA A VENEZUELA

Erik Prince, fundador da empresa terrorista Blackwater, propôs a Trump a criação de um exército de mercenários para levar Guaidó ao poder na Venezuela

WASHINGTON MONTA GUERRA COLONIAL NA AMÉRICA LATINA

Movimentações militares, uma reunião de conspiração para agredir a Venezuela, novas sanções contra a Nicarágua e contra Cuba. Nos últimos dias, a ofensiva colonial norte-americana contra a América Latina acelerou-se perante a sucessão de fracassos nas tentativas para derrubar Maduro e impor Guaidó. Um após outro, vão regressando ao activo, pela mão dos fascistas Bolton, Pompeo e Pence da administração Trump, os estrategos terroristas responsáveis por algumas das mais cruéis fases imperialistas no "quintal das traseiras". Uma ofensiva que dinamita as próprias fronteiras regionais, como a União Europeia começa a perceber.

LÍBIA, UMA GUERRA IMPERIALISTA

Sangue por petróleo, é o que está em jogo na situação líbia, onde a guerra imperialista prossegue desde que a NATO decidiu derrubar Khaddafi e desmantelar o Estado para tomar conta dos hidrocarbonetos.

JUSTIÇA VENEZUELANA REÚNE PROVAS CONTRA GUAIDÓ

Saída ilegal do país, corrupção, incitamento à violência nas ruas são acusações contra Guaidó em relação às quais o aparelho judicial venezuelano continua a reunir provas

O NEGÓCIO FABULOSO DA PRIVATIZAÇÃO DA GUERRA

O neoliberalismo ressuscitou-os na forma de um fabuloso negócio da morte. Os exércitos de mercenários proliferam enquanto avança a mega operação de privatização da guerra

UNIÃO EUROPEIA DISTRIBUI BODO AOS MERCENÁRIOS

A União Europeia paga 125 milhões de euros pela sua segurança no Afeganistão a uma companhia de mercenários; mas como esta não é "bem vista" em Cabul, outra fará o serviço sem ter concorrido.

EXÉRCITO DE ISRAEL ABERTO A MERCENÁRIOS

Israel é um Estado de singularidades: não registou fronteiras, instaurou o apartheid, viola a lei internacional e tem ao seu serviço um exército onde podem alistar-se pessoas de qualquer nacionalidade invocando ter um progenitor ou um avô judeu.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top