O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

URSULA VON DER LEYEN CONFIRMADA POR UM TRIZ

Salvou-se por nove votos. A ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, tornou-se presidente da Comissão Europeia mas os membros do Parlamento Europeu limitaram-se a confirmar por nove votos a escolha feita antecipadamente pelos eurocratas da União. Na realidade, o bloco federalista estilhaçou-se e garantiu à direitista alemã apenas 383 votos dos 747 membros em exercício do Parlamento, o que significa a deserção de 86 membros da maioria institucional que a designou: extrema-direita dos Conservadores e Reformistas (ECR), direita e extrema-direita do Partido Popular Europeu (PPE), neoliberais assumidos (Europa Renovada) e Socialistas & Democratas.

O BREXIT E A ENGRENAGEM AUTOCRÁTICA DA UE

A engrenagem autocrática da União Europeia encarou o Brexit como um exemplo dissuasor a todos os Estados membros para que não se atrevam a seguir o caminho de Londres, porque Bruxelas não tolera dissidências. Os britânicos votaram pela saída da UE? Então que sejam humilhados e sugados para perceberem que não se brinca com a ditadura do mercado e com uma das suas organizações emblemáticas - "na qual se entra mas não se sai", como se diz nos bastidores de Bruxelas. E se isto acontece com uma potência de topo, o que seria das menos poderosas? O exemplo está dado.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top