JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Domingo, 17 de Fevereiro de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
BASES PLANETÁRIAS DOS EUA: O IMPÉRIO DO TERROR

2019-02-16

São cerca de 800 em mais de metade dos países do mundo; algumas não saem do secretismo da clandestinidade permitida por governos corruptos ou corrompidos. É a geografia do terror através da qual o império norte-americano pretende demonstrar a sua força impondo o medo e a subjugação. Nessas bases não vigoram o direito internacional ou a lei, a não ser a da força e do poder arbitrário. Ou da arrogância imperial imposta a um Estado que permanece soberano, como em Guantánamo, em Cuba. As bases militares norte-americanas pretendem afirmar um domínio que tem como reverso o desespero de um globalismo decadente. Por isso, tendencialmente sem limites nem razão humana.

GOVERNO DA ISLÂNDIA: “ESTAMOS BEM FORA DA UE”

2019-02-16

A primeira-ministra islandesa, Katrin Jakobsdottir, afirma que a Islândia está bem fora da União Europeia e que os seus indicadores estão à frente dos outros países nórdicos.

UCRÂNIA NA NATO, GUERRA MAIS PRÓXIMA

2019-02-14

A Ucrânia incluiu a pertença obrigatória à NATO e à União Europeia na Constituição. Quando se consumar a integração na aliança, ficará mais próxima uma guerra de proporções incalculáveis

POLÓNIA OFERECE MILHÕES PARA TER UM “FORTE TRUMP”

2019-02-09

O presidente da Polónia ofereceu dois mil milhões de dólares a Trump para construir uma base militar norte-americana no país, chamada, "por brincadeira", Forte Trump.

OS SOCIOPATAS E SEUS SEGUIDORES

2019-02-08

Golpe na Venezuela, com banho de sangue no horizonte; retirada norte-americana do Tratado que proíbe mísseis de médio alcance e desbrava o caminho da guerra nuclear. Dois passos para o abismo dados pela administração Trump desde que o núcleo de sociopatas em torno do presidente se tornou sólido e estável. Ocasião escolhida pelos aliados de Washington para transformarem as supostas divergências com administração norte-americana em rendida vassalagem, corresponsabilizando-se, assim, pelas ameaças de tragédia que se reforçam sobre os povos da América Latina e do continente europeu. Uma subserviência na qual o governo de Portugal se esforça por ter lugar de destaque.

O ROUBO DO OURO DA VENEZUELA E OUTRAS HISTÓRIAS

2019-02-08

O roubo de 31 toneladas de ouro ao Estado venezuelano é mais um passo na caminhada norte-americana pelo desprezo absoluto das normas do direito internacional em vigor.

goto top

Recuperar password