O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

AMAZÓNIA, UMA DEVASTAÇÃO PROGRAMADA

Nos meses que 2019 leva até agora foram registados, por satélites, mais de 35 mil focos de incêndio na Amazónia. E documentos de uma reunião promovida no mês de Fevereiro pelo governo de Bolsonaro em Tiriós, Estado do Pará, ajudam a levantar o véu sobre a catástrofe em curso - e que esteve mais de duas semanas silenciada. Brasília entende que os projectos de defesa da Amazónia atentam contra a soberania nacional e contrapõe planos que são de verdadeira colonização humana da região, implicando a devastação das suas riquezas naturais e culturais. Culpar as organizações não-governamentais pelos incêndios em curso é apenas uma das várias tácticas previstas na estratégia fascista dos bolsonarianos.

ARGENTINA, UM SOPRO DE ESPERANÇA

Nas eleições primárias presidenciais realizadas domingo na Argentina a candidatura de Alberto Fernández e Cristina Fernández de Kirchner, repectivamente a presidente e vice-presidente, obteve um claro triunfo. Com uma votação de 47,65%, bateu a dupla em funções formada pelo presidente Macri e pelo vice-presidente Pichetto por mais de 15 pontos percentuais, ou mais de quatro milhões de votos. O neoliberalismo sofreu uma importante derrota.

SACRIFICAR A ANTÁRTIDA NO ALTAR DO CAPITALISMO

A Antártida, a calote polar do Hemisfério Sul, está a derreter-se. Cada vez mais depressa devido ao caos climático provocado pelo capitalismo industrial. Esta situação está na origem da subida global do nível do mar, que poderá atingir três metros durante um século, fazendo desaparecer países insulares e inundando cidades costeiras. Porém, em vez de combater eficazmente as alterações climáticas e tentar resolver estes problemas, o capitalismo parece buscar a salvação no sacrifício de regiões da Terra, como a Antártida.

QUANDO O CONE SUL É ARRASTADO CONTRA O IRÃO

Os Estados Unidos arrastam os países do Cone Sul da América para o conflito contra o Irão a pretexto de um atentado de há 25 anos de que se desconhecem os autores

HOSTES DE GUAIDÓ DESVIAM “AJUDA HUMANITÁRIA”

A "ajuda humanitária" ao povo da Venezuela que serviu de pretexto para uma tentativa de golpe acaba nos bolsos de Guaidó e seu clã. O que não é surpresa

“QUINTAL DAS TRASEIRAS” A FERRO E FOGO

A guerra contra a Venezuela, conduzida pelos Estados Unidos e respectivas colónias regionais, está em marcha. O contexto militar ainda está indefinido, mas as provocações, conspirações, pressões e ameaças não deixam dúvidas. O confronto em andamento, porém, pode não corresponder ao que desejam os promotores. Outros interesses importantes se cruzam na região - e pede estar no horizonte a criação de uma base militar aeronaval russa em território venezuelano.

HAITI: ONU ENTREGA À POLÍCIA A CONSTRUÇÃO DA “PAZ”

O Haiti continua mergulhado na miséria, na violência, na corrupção e na degradação política. A missão da ONU no país reclama mais polícia.

CRISES E RESGATES GERAM LUCROS ASTRONÓMICOS AOS BANCOS

Os cinco maiores bancos norte-americanos somaram lucros de 583 mil milhões de dólares durante os 10 anos que se seguiram ao colapso financeiro de 2008. A situação, proporcionada pelos resgates com dinheiro dos contribuintes e pela política de "bancos que não podem falir", permitiu-lhes acumular activos próximos dos 10 biliões de dólares, mais de metade do PIB norte-americano em 2016. Os bancos "tornaram-se salteadores", acusa o presidente da Public Citizen, organização de defesa dos consumidores que revelou o escândalo.

ARGENTINA DEBATE-SE NA SELVA DE MACRI

A Argentina caminha para a bancarrota empurrada pelo neoliberalismo selvagem do presidente Macri sob as ordens do FMI e de Trump. Os argentinos respondem com uma greve geral e uma grande manifestação na próxima terça-feira.

VENEZUELA: O ATENTADO, OS EXECUTORES, OS MANDANTES

O atentado de 4 de Agosto contra o presidente da Venezuela e membros dos outros órgãos de soberania fracassou, mas os porta-vozes dos autores prometem mais. Conheça a anatomia do golpe: seus operacionais, instigadores e mandantes, incluindo o que à hora do crime estava "no baptizado de uma netinha".

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top