O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

HOSTES DE GUAIDÓ DESVIAM “AJUDA HUMANITÁRIA”

A "ajuda humanitária" ao povo da Venezuela que serviu de pretexto para uma tentativa de golpe acaba nos bolsos de Guaidó e seu clã. O que não é surpresa

INVASÃO DA VENEZUELA DEBATIDA EM WASHINGTON

No dia 10 de Abril realizou-se em Washington uma reunião para "avaliar a utilização da força militar na Venezuela". Apesar de "privada" e organizada por um "think tank", o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, a reunião conspirativa teve a participação de membros do Departamento de Estado e do Conselho de Segurança Nacional, pertencentes pois à Administração Trump. A lista de participantes, que publicamos no final do artigo, incluiu o almirante Kurt Tidd, que é há muito uma figura de topo nas actividades contra a soberania da Venezuela como comandante do Comando Sul das Forças Navais dos Estados Unidos - cargo que deixou recentemente.

APAGÃO: “ACONTECIMENTO DECISIVO” NA ESTRATÉGIA GOLPISTA

A Venezuela "vai entrar num período de sofrimento", profetizou o senador norte-americano Marco Rubio. Pouco depois, num passe de mágica, os venezuelanos foram vítimas do maior apagão de energia de sempre. "Maduro só produz escuridão", escreveu Pompeo, secretário de Estado norte-americano. "A luz só voltará quando terminar a usurpação" de Maduro, assegurou o "presidente interino", Juan Guaidó. Estas pequenas frases explicam o "acidente" dos cortes de energia eléctrica na Venezuela. Um "acontecimento decisivo" recomendado em memorando por um dos treinadores de Guaidó em "mudanças de regime", o sérvio Popovic, pago por Washington.

PARTIDO DE GUAIDÓ É DA INTERNACIONAL SOCIALISTA...

O partido venezuelano Voluntad Popular, de Juan Guaidó e dirigido pelo fascista Leopoldo Lopez, é membro da Internacional Socialista. O que explica muita coisa.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top