O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

ESTÃO ABERTAS AS HOSTILIDADES EM BRUXELAS

Os votos das eleições europeias ainda mal foram contados mas em Bruxelas e outras capitais, como Paris e Berlim, já estão abertas as hostilidades para o grande leilão dos cargos superiores da União Europeia a renovar no próximo Outono, entre eles o de presidente da Comissão. O famoso “eixo franco-germânico” quebrou-se: Merkel e Macron, à partida, apoiam candidatos diferentes para suceder a Jean-Claude Juncker.

MACRON, OU O GLOBALISMO FARDADO

Ao enviar tropas para a rua reprimir manifestações, autorizando o uso de munições reais, Macron revelou até onde pode chegar o globalismo neoliberal que guia a União Europeia

FRANQUISMO ESTÁ DE VOLTA À ANDALUZIA

Três correntes oriundas do velho franquismo e agora reunidas no suporte ao regime económico neoliberal formam o novo governo autonómico da Andaluzia, em Espanha: Partido Popular (PP), Ciudadanos e Vox. O acordo foi encontrado e permite juntar em Sevilha formações do Partido Popular Europeu, da irmandade do Em Marche de Macron e dos fascistas de Steve Bannon na aplicação de políticas xenófobas e cerceadoras de direitos. Também sob o alto patrocínio da oposição terrorista iraniana, a crer no diário El País.

MACRON: O POPULISMO CRIADO POR UMA ELITE

Macron é um populista financiado por uma selecta elite financeira. Os dados sobre os seus financiamentos eleitorais dizem tudo.

O PPE DE NAMORO COM O NEOFASCISMO

A CDU/CSU governamental alemã desenvolve todos os esforços para integrar o Partido do Direito e Justiça (PiS) da Polónia no Partido Popular Europeu (PPE). É uma organização neofascista, mas já existe um precedente ao lado de PSD e CDS: o Fidesz húngaro de Orban.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top