O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

GRANDE ALBÂNIA: NOVA CAIXA DE PANDORA NOS BALCÃS

O Kosovo e a Albânia vão abolir fronteiras em 1 de Março, anunciaram os chefes dos respectivos governos. Com a Grande Albânia no horizonte, abre-se nova caixa de Pandora nos Balcãs.

ISRAEL ESCUDA-SE EM AVIÕES CIVIS PARA ATACAR A SÍRIA

No dia de Natal, seis caças israelitas protegeram-se atrás de voos civis de passageiros para atacar os arredores de Damasco, capital síria. O acto de agressão, que viola normas elementares do Direito Internacional, não mereceu, até agora qualquer palavra de qualquer órgão da ONU, incluindo secretário-geral, e da União Europeia. O acto evidencia duas realidades: Israel sabia que a Síria não ia fazer perigar os aviões de passageiros; o sionismo recorre a todos os meios desumanos para tentar driblar a zona de exclusão aérea instalada para proteger a Síria da agressão internacional.

HAITI: ONU ENTREGA À POLÍCIA A CONSTRUÇÃO DA “PAZ”

O Haiti continua mergulhado na miséria, na violência, na corrupção e na degradação política. A missão da ONU no país reclama mais polícia.

OS JOGOS DE GUERRA DO “PESADELO ALMAGRO”

A coligação de governo no Uruguai expulsou Luis Almagro, secretário-geral da OEA, por defender a invasão da Venezuela

EUA E KOSOVO ACENDEM RASTILHO BALCÂNICO

O Kosovo vai dotar-se de exército regular, à revelia do direito internacional, com apoio de Washington e treino da NATO. Os Balcãs em fogo.

HEBRON: O SIONISMO ANTI-SEMITA EM CARNE VIVA

História da vida quotidiana de uma família palestiniana em Hebron, vítima dos vizinhos colonos israelitas e das tropas de ocupação

PRESIDENTE ARGENTINO, ORDEM PARA DISPARAR

O presidente da Argentina resolveu impor a segurança no país dando ordens aos agentes das polícias para disparar com muito mais facilidade

UNIÃO EUROPEIA DISTRIBUI BODO AOS MERCENÁRIOS

A União Europeia paga 125 milhões de euros pela sua segurança no Afeganistão a uma companhia de mercenários; mas como esta não é "bem vista" em Cabul, outra fará o serviço sem ter concorrido.

UE PAGA 100 MILHÕES A MERCENÁRIOS EM PAÍS OCUPADO PELA NATO

A União Europeia vai pagar pelo menos 100 milhões de euros a uma empresa de mercenários pela segurança das suas instalações em Cabul, Afeganistão, um país ocupado pela NATO. Os principais grupos mundiais ditos de "segurança privada", instrumentos cada vez mais influentes no processo de privatização da guerra, candidatam-se ao bolo. Mais uma dupla tributação para os contribuintes europeus: além de financiarem a NATO são obrigados a pagar pelo que a NATO deve fazer e não faz.

QUANDO A NATO CONJUGA A GUERRA COM OS NEGÓCIOS

A NATO está a transformar-se num ninho de empresas público-privadas para desenvolver grandes negócios gerados por actividades associadas à indústria da morte, também designada "de defesa e segurança".

O SECRETÁRIO-GERAL DA TRISTE FIGURA

O secretário geral adjunto da ONU ordena secretamente que a organização não participe na reconstrução da Síria; o secretário-geral manda dizer que a directiva não existe. E, no entanto, foi emitida e produz efeitos. Guterres no seu pior.

Mais notícias...

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top