O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

BERLIM DIZ A BRUXELAS QUE NÃO TEM A VER COM NORD STREAM 2

A Comissão Europeia, fazendo a vontade a Washington, quis acabar com o gasoduto Nord Stream 2. A Alemanha disse-lhe para tirar daí o sentido e defendeu o negócio com a Rússia.

RELATÓRIO SECRETO DA UE RECONHECE “DISCRIMINAÇÃO” DOS PALESTINIANOS

Um relatório diplomático secreto da União Europeia revela que os palestinianos são vítimas de "discriminação" por parte de Israel e que a solução de dois Estados pode estar comprometida.

O PARADOXO DE SALVINI E KAKCZYNSKI NA UE

Partidos populistas e nacionalistas de países da União Europeia avançam para uma plataforma transnacional com mais êxito do que partidos "pró-europeus".

EUROPA SERÁ REFÉM DE UMA GUERRA NUCLEAR

Washington vai instalar bombas nucleares em miniatura em países europeus, impondo a mentira de que uma guerra limitada não gera danos globais.

ALEMANHA EM VIAS DE GANHAR A I GUERRA MUNDIAL

Um após outro, a Alemanha vai concretizando os objectivos dominadores traçados há 106 anos, antes da Primeira Guerra Mundial

GUERRA DO GÁS SEPARA BERLIM DE WASHINGTON

A cooperação entre a Alemanha e a Rússia para abastecer a Europa com gás natural russo, através do NordStream 2, deixa os Estados Unidos e seus satélites fora de si

O EIXO FASCISTA ESTADOS UNIDOS - UCRÂNIA

Batalhões militares, grupos paramilitares e gangs de choque neonazis assumiram efectivamente o poder na Ucrânia - nos quartéis, nas ruas e nas instâncias políticas -, mantendo o governo sob ameaça permanente de demissão no caso de não aplicar as medidas que exigem. O território ucraniano tornou-se um lugar de concentração, doutrinação e treino de grupos fascistas de todo o mundo, sobretudo da Europa, com luz verde dos Estados Unidos, que fornecem armas e instrutores militares. O longo eixo fascistas estende-se aos supremacistas brancos norte-americanos, que recebem treino da estrutura nazi do Batalhão Azov, a mais poderosa organização político-militar da Ucrânia depois do golpe de Estado "democrático" apoiado pela União Europeia.

O REGRESSO DOS “EUROMÍSSEIS”

Os Estados Unidos anunciam que vão abandonar um tratado nuclear, o INF, que já violam desde que instalaram "escudos defensivos" na Polónia e Roménia

O NEOLIBERALISMO ESTÁ DE REGRESSO ÀS ORIGENS

O neoliberalismo global, em luta pela sobrevivência, entrou decididamente na fase do recurso a regimes autoritários aparentados com o fascismo. A democracia formal, mesmo expurgada do respeito pela vontade dos cidadãos, deixou de ser suficiente para alimentar a ganância insaciável do capitalismo selvagem na crise agónica em que se encontra. Nas Américas, pela mão experimentada dos Estados Unidos e na Europa, graças aos potentes incentivos da União Europeia, o neoliberalismo regressa ao sistema político próprio da sua natureza, onde incubou no Chile de Pinochet em 1973.

O PPE DE NAMORO COM O NEOFASCISMO

A CDU/CSU governamental alemã desenvolve todos os esforços para integrar o Partido do Direito e Justiça (PiS) da Polónia no Partido Popular Europeu (PPE). É uma organização neofascista, mas já existe um precedente ao lado de PSD e CDS: o Fidesz húngaro de Orban.

ESTÓNIA, LETÓNIA E LITUÂNIA BARRICAM-SE ATRÁS DE CERCAS

Depois da queda do Muro de Berlim multiplicam-se os muros, as cercas e as valas na Europa. Agora são a Estónia, a Letónia e a Lituânia que se barricam atrás de uma cerca de mais de 500 quilómetros nas fronteiras com a Rússia.

MACRON E O CONVITE QUE ASSOMBRA A EUROPA

Macron convidou Putin a assistir em França às comemorações do centenário do fim da Primeira Guerra Mundial. Agitam-se os bastidores diplomáticos.

Mais notícias...

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top