LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA - Conheça as novas medidas de O Lado Oculto para manter a publicação.

O LADO OCULTO - Jornal Digital de Informação Internacional | Director: José Goulão

O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

Assinar

OS TEMAS PROIBIDOS NO OÁSIS DE DAVOS

Existe uma relação directa entre os números crescentes de bilionários e de refugiados; uns voam de jacto para Davos; os outros afogam-se nas águas do Mediterrâneo

TRUMP DISPARA GOLPE DE ESTADO NA VENEZUELA

Donald Trump reconheceu, Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, como "presidente interino" do país e declarou a "ilegitimidade" do presidente Nicolás Maduro. O Brasil de Bolsonaro, o secretário geral da OEA, Luís Almagro, a Colômbia, Peru, Paraguai, Equador e Costa Rica seguiram rapidamente o caminho indicado por Washington. A Venezuela cortou relações com os Estados Unidos.

O PARADOXO DE SALVINI E KAKCZYNSKI NA UE

Partidos populistas e nacionalistas de países da União Europeia avançam para uma plataforma transnacional com mais êxito do que partidos "pró-europeus".

WASHINGTON HUMILHA A UNIÃO EUROPEIA

O episódio, ainda não resolvido, da despromoção da Embaixada da União Europeia em Washington para o estatuto de "organização internacional" é humilhante para Bruxelas

O JOGO DAS BASES MILITARES EM ÁFRICA

A corrida neolonial às matérias-primas africanas faz-se com apoio em bases militares que se multiplicam no continente. Tanto mais que os avanços chineses são evidentes na região.

MANJIB: O IMPÉRIO DEVORA OS SEUS PRÓPRIOS SOLDADOS

Em plena polémica sobre a retirada das tropas norte-americanas da Síria, contra a qual se pronunciam desde os democratas a próximos de Trump, eis que um atentado "do Estado Islâmico" mata quatro soldados norte-americanos. Foi em Manjib, Síria, onde existe uma base militar norte-americana, além de ser uma região controlada por milícias curdas protegidas dos Estados Unidos e contrárias à retirada. Um atentado "conveniente", mais um numa guerra que está a servir de laboratório de operações "false flag", de bandeira falsa.

NASCE A GUANTÁNAMO DO SUL

O Brasil oferece território para uma base militar dos Estados Unidos, depois de já ter convidado tropas dos EUA para participarem em manobras na Amazónia

O NORD STREAM 2 E AS AMEAÇAS COLONIAIS

Richard Grenell é o homem de Trump em Berlim. E adverte que ou o governo e as empresas alemãs travam o gasoduto Nord Stream 2 ou sofrerão sanções.

A CHINA E A REDUÇÃO DA POBREZA

Em menos de 40 anos, a China reduziu de 800 milhões para 25 milhões - pouco mais de 1% da população - o número de pessoas em situação de pobreza extrema.

BRASIL COORDENA GOLPE CONTRA A VENEZUELA

Prolongou-se por 11 horas a reunião que decorreu quinta-feira em Brasília e na qual o ministro brasileiro dos Negócios Estrangeiros discutiu com "oposições venezuelanas" e organizações regionais uma "acção concreta" para "restabelecer a democracia na Venezuelana". Em reunião restrita com um chefe fascista venezuelano, Bolsonaro disse que "a solução" para "restabelecer a ordem, a democracia e a liberdade" no país vizinho "virá brevemente".

A ÍNDIA E AS LIÇÕES DE UMA GIGANTESCA GREVE

Mais de 150 milhões de trabalhadores aderiram, na Índia, a uma das maiores greves gerais de sempre. Uma greve contra a escravatura e o neofascismo

“QUINTAL DAS TRASEIRAS” A FERRO E FOGO

A guerra contra a Venezuela, conduzida pelos Estados Unidos e respectivas colónias regionais, está em marcha. O contexto militar ainda está indefinido, mas as provocações, conspirações, pressões e ameaças não deixam dúvidas. O confronto em andamento, porém, pode não corresponder ao que desejam os promotores. Outros interesses importantes se cruzam na região - e pede estar no horizonte a criação de uma base militar aeronaval russa em território venezuelano.

fechar
goto top