O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

GAZA, O LABORATÓRIO DA INDÚSTRIA DA MORTE

"Apuramos os nossos sistemas em tempo real", ou como os fabricantes de armas olham para Gaza

O REGRESSO DOS “EUROMÍSSEIS”

Os Estados Unidos anunciam que vão abandonar um tratado nuclear, o INF, que já violam desde que instalaram "escudos defensivos" na Polónia e Roménia

FALSOS ATAQUES QUÍMICOS EM PREPARAÇÃO NA SÍRIA

Desmascarados, mas sem emenda. Os Capacetes Brancos continuam a encenar ataques químicos na Síria, cumprindo a estratégia da al-Qaida

A DEMOCRACIA ATRAIÇOADA NO BRASIL

Na fase que agora inicia de luta contra o fascismo de Bolsonaro, a democracia tem de levar em conta que tem sido parte fragilizada no novo habitat tecnológico das redes sociais

ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE AS ELEIÇÕES BRASILEIRAS

O Brasil acaba de eleger um administrador colonial, não um Presidente da República, para impor o novo colonialismo da ordem neoliberal. A luta, agora, é contra as forças da morte

ARRANJOS EM BRUXELAS ATINGEM A ROMÉNIA

O autoritarismo romeno de capa "social-democrata" está a ser vítima dos acertos de contas entre as duas grandes famílias federalistas de Bruxelas

AUTORRETRATO DE BOLSONARO EM DISCURSO DIRECTO

Jair Bolsonaro nas suas próprias palavras. A melhor maneira de o conhecer

CHOCAM-SE OVOS DA SERPENTE NO URUGUAI

Também no Uruguai começam subir de tom as ameaças fascistas, negando que tenha havido ditadura fascista no país

MALSONARO, OU A REINVENÇÃO DO FASCISMO NO BRASIL

Armas, fundamentalismo religioso, redes sociais: o Brasil reinventou o fascismo com Bolsonaro

NATO E UE APADRINHAM FRAUDE POLÍTICA NA MACEDÓNIA

Para integrar a Macedónia ex-jugoslava no "campo democrático" a NATO e a UE aplicam à política algumas práticas próprias da Mafia

TEMPESTADE KHASHOGGI ABATE-SE SOBRE O MUNDO

O efeito Khashoggi paira como uma tempestade sobre o mundo. As ameaças de sanções contra a Arábia Saudita que vão sendo proferidas vagamente por países ocidentais já têm resposta de Riade. "Todo o insulto tem que ser vingado", proclama a tradição dos beduínos do deserto, que pode converter-se em petróleo a 200 dólares por barril e outras medidas capazes de fazer tremer a ordem estabelecida. Centenas de milhares de mortes depois, os países que se consideram civilizados podem agora avaliar o preço da sua permanente cumplicidade com um regime criminoso desde sempre, não apenas agora que matou Jamal Khashoggi.

CUMPLICIDADES COM O TERRORISMO : “ C’EST LA VIE !...”

"C'est la vie…" respondeu um dia o ex-ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius, quando confrontado com o facto de apoiar terroristas que depois combate

Mais notícias...

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top